Danúbio Azul da Mooca

Escudo do Danúbio FC da Mooca

Escudo do Danúbio FC da Mooca

DANÚBIO AZUL FUTEBOL CLUBE DA MOOCA

Fundação: 27 de julho de 1947
Campo: CDC Parque da Mooca – Rua Maria Luisa de Pinho, 113.
Sede: Rua Conde Prates, 181, Parque da Mooca, São Paulo, SP.
Uniforme: Camisa, calção e meias azuis.

História

O Danúbio Azul Futebol Clube é um time do bairro da Mooca, Zona Leste de São Paulo, fundado em 27 de julho de 1947 durante um papo de amigos no Bar do Félix, situado na Rua Conde Prates. Na reunião estavam presentes o ex-presidente do clube, o senhor Aparecido Faustino (Cido), o dono do bar (sr. Félix) e seu pai (sr. Francisco), apontado como principal responsável pela criação do time.

No dia 27 de Julho de 1947, em uma reunião realizada no Bar do Félix, situado na Rua Conde Prates, nº 184, decidiu-se criar um time de futebol para que os amigos pudessem se reunir nas horas de folga.

O clube tornou-se através dos anos, um dos principais times da várzea paulistana, sempre convidado a participar de diversos campeonatos e festivais. Em um desses campeonatos, obteve o título de maior orgulho, o de campeão do Troféu Jânio Quadros, disputado por mais de cem clubes da Capital.

Origem do nome

O nome Danúbio Azul F. C., foi escolhido pelo Sr. Francisco, em homenagem ao rio que corta a sua cidade natal, na Hungria.

Elenco recente do Danúbio da Mooca (foto: Divulgação)

Elenco recente do Danúbio da Mooca (foto: Divulgação)

Família Faustino

Ao longo dos anos, a família Faustino destacou-se no comando do clube: o Sr. Sebastião Faustino foi um dos fundadores, depois tivemos a passagem como presidente dos senhores Oswaldo Faustino, sobrinho, do Sr. Aparecido Faustino, filho, e o neto do Sr. Sebastião, Roberto Barnabá. Hoje em dia, o clube é dirigido pelo presidente Eduardo Gambetta.

“Nós que gostamos do Danúbio Azul F. C., devemos muito ao Cido (Sr. Aparecido Faustno) e ao Vado (Sr. Osvaldo Faustino), pois se não fosse a vontade e determinação deles, o Danúbio Azul já teria encerrado suas atividades”, comenta o ex-craque do clube “Fofo”.

Preliminar no Pacaembu

Diversos amistosos ficaram marcados na história do clube, como o jogo preliminar de Portuguesa (SP) e Fluminense (RJ), disputado no Estádio do Pacaembu.

Umas das raridades do rico acervo do Danúbio da Mooca (foto: Divulgação)

Umas das raridades do acervo do Danúbio da Mooca (foto: Divulgação)

Titular do tri em 1970 era reserva

Por ser um clube muito conhecido durante sua longa história, diversos jogadores que atuaram pelo Danúbio, vestiram a camisa de grandes clubes profissionais. Entre eles, o goleiro Félix (tricampeão mundial pela Seleção Brasileira de futebol em 1970) que no Danúbio era apenas reserva, mostrando assim o grande nível dos atletas que jogavam na época.

Não podemos deixar de citar, outro grande nome, que na opinião de muitos, é o melhor jogador da história do clube, o inesquecível Vavá.

“O Vavá encantava todos aqueles que gostavam de assistir aos jogos de várzea, com um toque de bola refinado, dribles desconsertantes e belos gols, foi o melhor jogador, não só do Danúbio, com também o melhor jogador varzeano que vi jogar!”, comentou o Sr. Carlos Roberto Faustino (Xã) que acompanhava o time desde criança.

Fonte: Site oficial do Danúbio

Deixe seu comentário
LEIA TAMBÉM